terça-feira, 31 de março de 2015

Kabir - três poemas



Escondendo-se nesta gaiola 
da matéria visível
está o pássaro da vida.

Preste atenção nele.

Ele está cantando
A sua música.


------------------------------


Erga o véu que obscuresce o coração

e ali você encontrará o que procura.


----------------------------------


Você está procurando por mim?
Estou na cadeira ao lado.
Meu ombro está junto ao seu.

Você não
Irá encontrar-me em stupas,
nem em santuários indianos
nem em sinagogas, nem em catedrais;

nem em missas, kirtans, 
nem colocando a perna atrás do seu pescoço,
Nem ao comer só vegetais.

Quando você realmente procurar por mim
Você vai me ver instantaneamente --

Vai me encontrar 
na mais pequenina casa do tempo.


Kabir diz: Estudante, diga-me, o que é Deus?
Ele é a respiração dentro da respiração.

2 comentários:

Nadja Feitosa disse...

Maravilhoso!Grata por postagens com tanta intensidade.

Nicanor Couto disse...

Ricardo
Agradeço o seu Dom que desperta o meu.
Luz e vida a você.
Nicanor